Menu

Conteúdo

O Território e a Génese do Projecto Murtosa Ciclável

Situado na faixa litoral centro de Portugal, no distrito de Aveiro, o Município da Murtosa possui 4 Freguesias – Bunheiro, Monte, Murtosa e Torreira – distribuídas por 74 quilómetros quadrados. Por ser um Território pequeno, as distâncias médias entre os principais núcleos urbanos são bastante curtas, da ordem dos 2 a 3km, com excepção da Freguesia da Torreira, que dista cerca de 10km da sede de Concelho. Para além disso, todo o Concelho possui uma orografia plana, praticamente sem elevações. A estas duas características, junta-se outra, não menos relevante: a localização no coração da Ria de Aveiro, numa área de grande riqueza paisagística e natural. Aliás, 82% do território da Murtosa encontra-se integrado na Zona de Protecção Especial (ZPE) da Ria de Aveiro, atestando a importância desta área no ecossistema da laguna.

A dimensão do território aliada à orografia plana ajudam a explicar a forte implantação que a bicicleta tem, e sempre teve, no nosso Município: estima-se que metade dos residentes utilize, com regularidade, a bicicleta e que cerca de 90% da população escolar se desloque neste meio de transporte.

Os factores atrás descritos, que, na Murtosa, se conjugam de modo evidente, constituíram os pilares da candidatura do Município, em 2006, ao Projecto “Mobilidade Sustentável”, da Agência Portuguesa do Ambiente: por um lado a promoção da bicicleta como meio de transporte, potenciador da mobilidade urbana, amigo do ambiente, da saúde e da economia; por outro lado, como meio privilegiado para a descoberta e fruição do património natural e cultural. Esta abordagem, simples e inovadora, que colocava a bicicleta no centro da estratégia de mobilidade local, valeu à Murtosa a aprovação da candidatura.

Para concretização dos objectivos do projecto, a Autarquia chamou ao processo um conjunto de parceiros, que, com ela, se constituíram em rede: a Agência Portuguesa do Ambiente, a Universidade de Aveiro, a ABIMOTA e as Escolas do Município. Nascia o “Projecto Murtosa Ciclável”.